terça-feira, 30 de novembro de 2010

Poema Surreal





A Primeira Borboleta



Os passos na areia lá estão

Há milhares de anos,
Passos de muitas eras...
Desde que espiei o mundo
E vi a primeira borboleta...
Aquela beleza descoberta
Arrastou-me caverna afora
Segui-a por longo tempo!
Por desertos e oásis
Sentamos e rimos juntas...
Certa noite, ao luar,

Na areia, adormeci
E ela, ela já não estava lá
Quando cedo acordei...
Lembro bem, neste dia nasci.



Elischa Dewes___________





*